Como foi legal o VII Congresso Kids

VII Congresso Kids - Cartaz
Agradecemos a todos os irmãos que nos ajudaram na realização do Congresso.
As crianças agradecem mais ainda!

Ministério de Educação e Família

2014-06-08 DiaDoPastor-Bercario

Participação do Berçário no Dia do Pastor (2014)

CenarioCongressoKids2012Completo

Cenário do Congresso Kids de 2012

untitled-12

Congresso Kids 2012

Em setembro, dias 12, 13 e 14 - Retiro de Casais em Tamandaré


2013-06-15 22.43.32

Seminarista Ivaldo e Poliana no Jantar dos Namorados 2013

Em novembro, Congresso Kids 2014 - Participe!

Dia dos Pais

Reflexão para o Dia dos Pais

Contribuição do Dc. David Alves Coutinho:


SEJA O PAI DO SEU FILHO


A Bíblia nos conta a história de várias famílias. Muitos exemplos a serem seguidos e outros que devemos evitar. Algumas tragédias familiares precisam ser estudadas para que não incorramos nos mesmos erros. O rei Davi, homem segundo o coração de Deus, não escapou do infortúnio familiar. Muito me espanta perceber a omissão de Davi ao ficar inerte diante da atitude de seu filho Amnon. Primeiro por não perceber o que se passava com o jovem Amnon, que apaixonou-se por Tamar sua meio-irmã. Segundo por que embora Davi tenha ficado furioso (2 Sm 13.21) não vemos sua ação veemente na repreensão do rapaz. Também não vemos o registro de sua atenção em consolar sua filha diante da desgraça que lhe sucedera, antes disso vemos seu filho Absalão, irmão de Tamar, tomando o lugar do pai e lhe prestando auxílio e abrigo. Davi também não se apercebeu do ódio que se apoderara de Absalão, que esteve em silêncio sobre o episódio por dois anos enquanto arquitetava sua vingança.

Cabe aqui uma reflexão. Como estamos nos posicionando ante nossas famílias? Que atenção você como pai tem dado a seu filho?

A Palavra de Deus nos orienta: “
Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.”(Pv 22.6) Você pai é o responsável pelo futuro do seu filho. Fique atento! Ensine ao seu filho as Escrituras, ore com ele para não ter que pedir oração por ele.