Aniversário de 111 Anos

Igreja Batista do Cordeiro celebra 111 anos
Por Pastor João Luís Manga

IBCorCongregação
Nos dias 13,14 e 15 de novembro, a Igreja Batista do Cordeiro, conhecida como IBCor, a Igreja do Coração, celebrou 111 anos de organização. A IBCor é a segunda igreja batista de Recife, PE, tendo sido organizada pelo Missionário Salomão Ginsburg em 15 de novembro de 1905. Igreja centenária, comemoramos mais um ano com cultos festivos de louvores e ação de graças.
No culto de abertura da série de eventos, domingo pela manhã, Pr. Ivaldo dos Santos, pastor de Evangelismo e Missões, pregou sobre
As Marcas Distintivas da Igreja, conclamando a congregação a viver as qualidades da igreja de Cristo em comunhão e serviço a Deus.
À noite, um coro misto de crianças, jovens, coro masculino, coro feminino, junto com o Coro IBCor, apresentou a cantata
Faz-nos Um, com acompanhamento orquestral, em culto cantado, sob a excelente regência do MM George Brandão, dando graças a Deus pelo dom da vida eterna e também nos estimulando à comunhão cristã. Fomos agraciados com seis decisões por Cristo.

Pastor Feliciano do Amaral participa das celebrações
PrMangaCeliaRubenitaPrFeliciano

Na segunda-feira, 14/11, tivemos um culto festivo no qual Pastor Feliciano do Amaral elevou a toda a igreja em louvores de adoração a Deus-Pai e a nosso Senhor Jesus Cristo com suas canções e testemunho. Aos 96 anos de idade, Pr. Feliciano encantou a todos com sua vitalidade em Cristo. Disse ele: “Agora começo a sentir o rigor da idade”, rindo-se. Sua esposa, irmã Rubenita, autorizou-me a publicar as fotos do casal dizendo: “Pode publicar, pastor, porque muita gente fica postando por aí que Pr. Feliciano já morreu, mas ele está bem vivo!” Louvamos a Deus por esta linda oportunidade.

Celebração de Batismos

PrManga-Batismos

No culto de aniversário propriamente dito, na terça-feira 15, celebramos oito batismos. Pr. Manga pregou sobre o texto do Salmo 119.96: “Tenho constatado que toda perfeição tem limite; mas não há limite para o Teu mandamento.” O título da mensagem foi Igreja, perfeita porque é imperfeita e enfatizou o fato de que apesar das imperfeições humanas e por causa delas é que a igreja é perfeita para glorificar a Deus, Senhor da Vida, Perfeito e Eterno. O Espírito Santo nos deu mais uma conversão nessa noite. Na sequência, tivemos bolo e refrigerante como é tradicional na IBCor.

Pastor João Luís Manga celebrou 30 anos de ministério
PrMangaCeliaBoloAniversarioIBcor


As celebrações de aniversário incluíram culto em ação de graças pelos trinta anos de ministério de Pr. João Luís, servindo a Deus através da Convenção Batista Brasileira. Pr. Manga e Célia ministraram a sete igrejas: Evangélica Batista do Pina, Wismar Baptist Church, Mackenzie Baptist Mission, PIB de Guatajiagua, PIB de San Miguel, Igreja Batista 15 de Novembro e Igreja Batista do Cordeiro.

Aniversário de 110 Anos

Aniversário de 110 Anos

Foi com muita alegria e cultos inspirativos que celebramos nossa festa de aniversário. Tivemos a realização de 13 batismos e a salvação de várias pessoas por decisão. Os preletores foram os pastores Ney Ladeia, pastor da Igreja Batista da Capunga, Recife, nas noites de sábado e domingo, e João Luís Manga, no domingo pela manhã.

PrMangaApresentaPrNey-Lighter

Pastoral de Aniversário-OMNIBUS

No dia 15 de novembro de 1905, foram apresentados os primeiros dois ônibus que dispensavam a tração por cavalos, em Berlim, na Alemanha. Foram fabricados pela Daimler e a viagem inaugural se deu quatro dias mais tarde, num domingo. Mais de três mil pessoas participaram das viagens do ônibus motorizado naquele dia.
No Rio de Janeiro, também no dia 15 de novembro de 1905, foi inaugurada a grande Avenida Central, um marco para a cidade.
Uma busca rápida no Google pelo dia 15 de novembro de 1905, em Recife, nos dá uma página cheia de notícias sobre o futebol pernambucano. O terceiro item da lista aponta para a organização da Igreja Batista do Cordeiro.
O que é que um transporte público, uma avenida, o futebol e uma igreja têm em comum? Todos são “omnibus” – do Latim, “para todos”. Todos são marcados por pessoas que vêm e vão, algumas, todos os dias durante muitos anos. Outras, apenas uma ou outra vez.
A Igreja de Deus é para todos. Como um coletivo, às vezes lotada, outras vezes leva só uns poucos. Como uma avenida, tem dias que por ela passam muitas pessoas. Como no futebol, muita gente vai ver, mas poucas ousam entrar no jogo; tem dias que pouca gente assiste, quase ninguém dá bola.
Mas sendo Igreja, não cessa de anunciar Deus. Não se cansa de passar adiante a mensagem da salvação. Transporta o Salvador de tempos remotos para uma geração que torce pela vida esperando dias melhores. Dias melhores virão. Jesus vai voltar. Não voltará de ônibus; todas as avenidas O verão passar; quem não deu bola para Ele não vai celebrar o gol da vitória. A igreja será arrebatada para a prometida eternidade com o Pai da Vida. Glória!
Feliz aniversário, IBCor, porque o mais lindo de teu passado é que os teus filhos terão futuro!
Louvado eternamente seja Deus.

“...que pratiquem o bem, sejam ricos de boas obras, generosos em dar e prontos a repartir; que acumulem para si mesmos tesouros, sólido fundamento para o futuro, a fim de se apoderarem da verdadeira vida.” 1 Timóteo 6:18-19 (RA)

Com muito carinho e gratidão,
Pr. Manga

Breve Histórico para o Aniversário de 110 Anos


Por Pr. João Luís Manga

Em 1902, o missionário Salomão Ginsburg acolheu irmãos de Bom Jardim e Paudalho, perseguidos por sua fé, abrindo uma congregação batista no bairro do Cordeiro, tendo a Primeira Igreja Batista do Recife como mãe. No dia 15 de novembro de 1905, a IBCor foi organizada com vinte e dois membros, com o nome de “Egreja de Christo denominada Baptista, na Iputinga”, sendo a segunda igreja batista do Recife e a décima quarta de Pernambuco. Daí até o presente, segundo as atas de suas assembleias, houve uma sucessão de nomes: “Egreja de Christo no Cordeiro” (1906); Egreja Evangélica Baptista na Villa do Cordeiro (1909); Egreja Evangélica Baptista do Cordeiro (1912); Egreja Baptista do Cordeiro (1914) e, finalmente, em 1915, Igreja Batista do Cordeiro. O “Ano 110” foi marcado por reformas estruturais. Todas as instalações que compõem a IBCor sofreram renovações. O templo necessitou de consertos nos pilares e laje. Em meio à crise político-econômica que enfrentamos, foi com grande sacrifício que membros, e congregados conseguiram trazer as obras até este ponto. Ainda falta muito o que fazer nos prédios anexos. Mas Deus continuará provendo. A reforma espiritual aconteceu com a formação de grupos de discipulado, estimulando o crescimento e amadurecimento dos irmãos. Ainda não alcançamos o ideal – se bem que ideais nunca são alcançados – faltando que muitos se envolvam e se desenvolvam no processo. Além disso, mantendo nosso foco evangelístico, ainda foram realizados dois Transformes, um para adolescentes e outro para jovens, com significante número de decisões por Cristo. Tivemos ainda um retiro para casais em Tamandaré, com a participação de 35 casais, contribuindo para o fortalecimento das famílias da IBCor. Foi montado um parquinho infantil em frente ao berçário, permitindo que as crianças se divirtam depois dos cultos, enquanto seus pais desfrutam da comunhão que marca nossa igreja depois da adoração. Nascem amizades e fortalecem-se os laços em Cristo. No ABC, nosso acampamento em Paulista, houve melhorias na acomodação, com o recebimento de 18 camas doadas pelo Lar do Ancião. Os colchões dos dormitórios foram forrados com napa e a cozinha ganhou uma despensa e uma geladeira nova. Como será o Ano 111? Temos grandes desafios adiante de nós. Precisamos ser fortalecidos em nosso compromisso com o Reino de Deus e seus propósitos, compromisso com o discipulado individual, e compromisso com a obra missionária local e estadual. Gostaria de ver a IBCor vivendo para além de seus muros e paredes, alcançando a comunidade com vidas transformadas pelo Espírito Santo. Que cada um de nós se esforce para escrever a história de nossa geração na “Igreja do Coração” de maneira a despertar um sorriso de contentamento na face do Eterno. Que Deus nos ajude.